Tokyo


Tempo de estadia: 8 dias / Sugestão: mínimo 1 semana

Tokyo é uma cidade intensa com varias “caras”. Cada bairro tem características próprias e dessa forma parece que estamos visitando cidades diferentes todos os dias. De manhã podemos estar andando pelas ruas calmas e históricas de Yanaka, à tarde visitando lojas de games vintage em Akihabara e de noite nos perdendo pelos becos pouco iluminados de Shinjuku. Outro ponto que nos chamou a atenção foi o transporte público. Existe metro para todos os cantos da cidade e não há qualquer necessidade de alugar carro ou pegar táxi.
Escrevemos esse post para explicar em detalhes porque Tokyo foi eleita nossa cidade preferida no Japão.

 Nakamise-dori, no bairro de Asakusa, é uma das ruas de comércios mais antigas do Japão

Nakamise-dori, no bairro de Asakusa, é uma das ruas de comércios mais antigas do Japão


Shinjuku: o bairro japonês que não dorme

Golden Gai
Golden Gai é um Yokocho, beco gastronômico japonês. É uma área com 6 ruas curtas e estreitas com muuuitos bares e restaurantes, um colado no outro. O mais legal é visitá-lo à noite, quando se tem um clima mais underground com letreiros luminosos e as luzes baixas amarelas das ruazinhas se acendem. Não deixe de ir ao Nagi comer um ramen com caldo de sardinha.

Kabukicho
Uma área de entretenimento com letreiros grandes e brilhantes por todos os lados. Muitos bares, restaurantes (de fast-food ao gourmet), karaokês de todos os preços, motéis, clubes que realizam o serviço de acompanhantes,  moças oferecendo massagem, cafetões, etc. A diversão é garantida, mas é necessário tomar cuidado já que nessa região é promovida algumas atividades ilícitas. Além disso, membros da Yakuza costumam ficar por lá andando pelas ruas e gerenciando alguns estabelecimentos.

 Kabukicho e sua infinidade de letreiros luminosos

Kabukicho e sua infinidade de letreiros luminosos

Shinjuku Gyoen National Park
Esse é um dos melhores parque de Tokyo para observar as cerejeiras. É bem espaçoso, com plantas e árvores lindas. Muito bom pra desacelerar e dar uma relaxada.

 Parque Gyoen no bairro de Shinjuku.

Parque Gyoen no bairro de Shinjuku.

shinjuku gyoen park2 .jpg

Akihabara (Akiba, pros íntimos): o paraíso dos otakus

Super Potato Retro-Kan
Loja de videogames retrô que ocupa um prédio inteiro. É lotada de games e acessórios que são praticamente um tesouro para quem jogava muito, em especial, o Nintendo das décadas de 1980 e 1990. Tem uma estátua do Mario Bros bem grande na entrada da loja, ótima pra uma selfie. A nostalgia rola solta!

 Frente da loja Super Portato - loja de games antigos

Frente da loja Super Portato - loja de games antigos

 Prateleira de games dentro da loja Super Potato

Prateleira de games dentro da loja Super Potato

Cat Cafe
Um lugar para tomar café com a companhia de gatos muito fofos. Nós, que amamos gatos (e temos dois), nos apaixonamos pelo lugar. Precisei muito conter o meu instinto "Felícia" rs.

 Cat Café em Akihabara

Cat Café em Akihabara

 Um dos gatinhos fofos do Cat Café em Akihabara

Um dos gatinhos fofos do Cat Café em Akihabara

@Home Cafe
Um dos mais populares Maid Cafes do país. Acho que está no topo da lista dos lugares mais loucos que fomos na viagem. Pra resumir, é uma lanchonete onde os clientes são atendidos por garçonetes vestidas de empregadas domésticas, no estilo europeu do século XVIII, super prestativas e tão fofas que chega a ser uma mistura de algo bem infantil com um jeito submisso que muitas vezes nos fez ficar sem graça e sem saber como agir. Pra você ter uma noção, a nossa atendente nos tratava por "mestres" rs.


Ueno: gostinho tradicional de Tokyo

Ueno Park
O parque mais famoso de Tóquio. Ele conta com várias atrações como zoológico, o Museu Nacional de Tóquio, o Museu de Arte Contemporânea, templos, além do próprio parque que é lindo, extenso e lotado de Sakuras que, durante a primavera, viram um espetáculo à parte. Infelizmente quando fomos ainda estava muito frio e choveu o dia todo, então aproveitamos pra visitar os museus.

Museu Nacional de Tóquio
O maior e mais antigo museu da cidade. Para quem ama história (como nós) esse museu é maravilhoso! Super organizado e com o melhor áudio-guia que já vimos: um device com tela touch-screen interativa, conteúdo extra e um GPS que já identificava a sala acessada e dava play.

museu toquio biombo.jpg
 Armaduras antigas de samurais

Armaduras antigas de samurais

Yanaka
Bairro antigo e com ar bem tradicional. Essa região sobreviveu ao terremoto de 1923 e também aos bombardeios da guerra. A atmosfera é super tranquila, com muitas casas antigas de madeira, templos, alguns cemitérios, cafés, etc. O mais legal é passear pelas ruas sem pressa. Mas, comece cedo, já que vários templos fecham às 17h.
Uma dica: Se tiver o Lonely Planet do Japão, "se perca" pelo bairro fazendo o passeio a pé da página 98.

 Um dos templos no bairro de Yanaka, próximo ao parque Ueno

Um dos templos no bairro de Yanaka, próximo ao parque Ueno


Asakusa: onde tem o templo mais famoso da cidade

Templo Senso-Ji
O templo mais visitado em Tóquio. Entrando pelo lindo portal vermelho que é protegido pelas estátuas dos deuses do vento e trovão , é só seguir pela Nakamise-dori, uma rua comercial com lojinhas cheias de souvenirs e artesanatos no estilo Edo. No final dessa rua fica o templo. Logo na frente tem um caldeirão de incenso , e dizem que se você aspira a fumaça traz saúde.

 Portal vermelho, do templo Senso-Ji, que é protegido pelas estátuas dos deuses do vento e do trovão

Portal vermelho, do templo Senso-Ji, que é protegido pelas estátuas dos deuses do vento e do trovão

 Cadeirão de incensos que fica logo em frente ao templo Senso-Ji

Cadeirão de incensos que fica logo em frente ao templo Senso-Ji

 O comércio na rua Nakamise-dori e ao fundo o templo Senso-Ji

O comércio na rua Nakamise-dori e ao fundo o templo Senso-Ji


Tsukiji: o maior mercado de peixes do mundo

Mercado de peixes maravilhoso! Vá cedo para evitar a multidão que chega por volta das 10h. Muita comida, muitos sabores, cores, aromas, que faz você até ficar um pouco perdido sem saber o que comer primeiro. Vá beliscando um pouco em cada barraca, pra se comer de tudo. Ótimo lugar pra comer sushi e sashimi muito bons sem pagar uma fortuna. Se estiver disposto, chegue antes das 5 da manhã para assistir ao famoso leilão de peixes que dizem ser bem divertido.

 Uma das ruas do mercado de peixes Tsukiji

Uma das ruas do mercado de peixes Tsukiji


Ginza: A parte chique de Tokyo

Chuo-Dori
Rua onde se construiu as primeiras lojas de departamento da cidade em estilo ocidental. A maioria das lojas são de marcas de luxo, tanto que em um só cruzamento há uma Chanel, uma Cartier, uma Bvlgari e uma Louis Vuitton. Puro glamour!

Mitsukoshi
Um prédio comercial que fica na rua principal do bairro, cujo o oitavo andar tem um dutyfree onde você pode comprar produtos e pedir pra enviarem direto pro dutyfree do aeroporto. Com isso, você não precisa ficar carregando o que comprou ali durante toda a viagem, é só retirar o produto no aeroporto no dia que for embora.

Nakagin Capsule Tower
O primeiro prédio de cápsulas do mundo. Um prédio de 13 andares, com apartamentos de 30m², inaugurado em 1972 para atender aos trabalhadores que queriam morar na cidade (eles moravam em bairros na periferia da cidade, bem longe do centro). Hoje, grande parte das cápsulas estão desativadas devido a deterioração da infra-estrutura. Queríamos visitar alguma, mas logo na portaria já vimos um aviso informando que é proibida a visita :(

 Nakagin, o primeiro prédio com apartamentos cápsulas do mundo

Nakagin, o primeiro prédio com apartamentos cápsulas do mundo


Shibuya: Muito além do maior cruzamento do mundo

Hachiko
Logo na saída da estação de metrô, está a estátua de Hachiko, o famoso cachorro da raça akita que é lembrado por sua lealdade ao dono mesmo após a sua morte. Para achar a estátua, basta olhar pra um aglomerado de gente rs.

 A estátua de um dos cachorros mais famosos do mundo, Hachiko

A estátua de um dos cachorros mais famosos do mundo, Hachiko

O famoso cruzamento
Bem do lado da estátua de Hachiko, fica o cruzamento mais movimentado do mundo. Isso acontece devido às cinco ruas que se encontram,  8 semáforos que fecham ao mesmo tempo e às estações de trem e metrô que ficam logo ali do lado. Vá até o Starbucks pra ter uma visão privilegiada das pessoas atravessando.

Yoyogi Park
Parque bem bonito, especialmente na época do florescimento das cerejeiras (Sakuras). Há uma feirinha com barracas de comida logo na entrada, então já comece o passeio pedindo um takoyaki (bolinho recheado com polvo). Por lá há gramados espaçosos para fazer piquenique e vimos muitos grupos de jovens se reunindo, bebendo e comendo embaixo das cerejeiras.

 Barraquinhas de comida no parque Yoyogi

Barraquinhas de comida no parque Yoyogi

 Piquenique no parque Yoyogi embaixo das cerejeiras ainda sem flores  :(

Piquenique no parque Yoyogi embaixo das cerejeiras ainda sem flores  :(


Shimokitazawa (Shimokita, pros íntimos): Bairro hipster

É o bairro das lojas vintage de Tokyo, onde a galera mais jovem da cidade tem interesse de morar. Bairro boêmio e super charmoso, com várias lojinhas de roupas locais, brechós estilosos, ateliês de artistas, lojas de vinis, cafés e izakayas muito bons. Tudo isso num clima de bairro pequeno com pessoas descoladas andando pelas ruas.

 Decoração na frente de um dos muitos brechós de Shimokita

Decoração na frente de um dos muitos brechós de Shimokita


Naka-meguro: o bairro com o rio mais bonito de Tokyo

Bairro super charmoso, com lindas árvores cerejeiras ao redor do Rio Meguro. Passeie pelas margens do rio nos finais de semana para curtir um clima tranquilo, visitando as lojinhas de moda, cafés e parando pra comer nas barracas de moradores da região.

 Rio de Naka Meguro

Rio de Naka Meguro

 Lanternas ao longo do rio de Naka Meguro

Lanternas ao longo do rio de Naka Meguro


Harajuku: o point da cultura pop japonesa

Takeshita-dori
Uma avenida super movimentada, lotada de pessoas andando pra lá e pra cá. Há muitas lojas com produtos alternativos, adereços originais com bons preços, muitas lojas de souvenirs, pequenos restaurantes, um lugar que vende um algodão doce enorme e colorido, e onde há uma grande chance de encontrar cosplayers.

takeshita.jpg
harajuku takeshita algodao.jpg

Purikura
Não saia do Japão sem tirar alguma foto em uma Purikura! Ela é uma cabine de fotos instantâneas muito popular no país. As ferramentas de edição de fotos são a causa de tanta fama, com elas é possível fazer modificações no rosto como aumentar os olhos, remover manchas, afinar o queixo, além da customização com estrelinhas, corações, bichinhos fofos. É viciante! rs


Chiyoda: onde fica o palácio imperial

Em Chiyoda, visitamos apenas o jardim do Palácio Imperial do Japão. A visita dentro do palácio só pode ser realizada no dia 02/01 e no dia 26/12 que é o aniversário do imperador, mas a visita ao impressionante e lindíssimo jardim pode ser feita em qualquer época do ano.

jardim palacio imperial.jpg

Restaurantes Favoritos


Izakaya Shirube (próximo a Shimokitazawa)
2-18-2 Kitazawa, Setagaya 155-0031
Foi o restaurante que mais gostamos na viagem toda. A comida é uma delícia, o ambiente é agradável, o atendimento bem bacana e um clima muito legal com as gritarias doidas dos funcionários.

 Comida sendo feita na nossa frente no izakaya Shirube

Comida sendo feita na nossa frente no izakaya Shirube

Tsuta Ramen - Estrela Michelin
1 Chome-14-1 Sugamo, Toshima
Primeiro restaurante de noodles que ganhou uma estrela Michelin. Chegamos 7:30 pra pegar a senha para o almoço das 16h, mas devido a espera só conseguimos entrar às 17:30. Tenha paciência, porque vale a pena!

 Fila pra jantar no Tsuta Ramen. A entrada é essa porta de correr bem do lado.

Fila pra jantar no Tsuta Ramen. A entrada é essa porta de correr bem do lado.

 Tamago Gohan. Sim, é um arroz com um ovo cru em cima, uma delícia!

Tamago Gohan. Sim, é um arroz com um ovo cru em cima, uma delícia!

Ramen Nagi (nos becos de Shinjuku)
1 Chome-1-10 Kabukicho, Shinjuku
Famoso ramen com caldo a base de sardinha. Nossa primeira refeição no Japão foi nesse restaurante pequenininho, com uma escada bem estreita na entrada e onde os pedidos são feitos numa máquina automática.

restaurante nagi cópia.jpg
lamen nagi.jpg

Veja também