Osaka


Tempo de estadia: 2 dias / Sugestão: 3 dias

Osaka é estilosa! Foi essa percepção que tivemos sobre a cidade.
Enquanto Tóquio possui um bairro mais diferente que o outro e é a típica cidade grande com muita gente correndo de um lado pro outro pra ir trabalhar ou se entreter nas inúmeras atividades que ela possui, e Kyoto é a cidade que carrega mais forte as tradições milenares, que tem bairros com casinhas antigas de madeira super preservadas e onde se vê muitas turistas vestidas de kimonos andando pelas ruas, Osaka tem uma pegada mais rebelde, autêntica e onde a noite é vibrante.

 Os luminosos e a agitação da rua Dotombori, uma das mais famosas da cidade.

Os luminosos e a agitação da rua Dotombori, uma das mais famosas da cidade.


Shin-Sekai: o bairro mais "perigoso" do Japão

Esse é um bairro conhecido como o mais perigoso do Japão, porém não é algo a se preocupar, levando em consideração que ele está em um dos países mais seguros do mundo. A região foi desenvolvida um pouco antes da guerra, mas perdeu o seu valor nas décadas seguintes.

 Início da rua de pedestre do bairro Shinsekai.

Início da rua de pedestre do bairro Shinsekai.

shinsekai2.jpg

De cara, já saindo do metrô, dá pra ver a famosa Torre Tsutenkaku, construída em 1912 e reconstruída em 1956. Ela tem 103 metros de altura e no topo do observatório principal, foi aberto um deck a céu aberto em 2015.

 Torre Tsutenkaku, no bairro de Shinsekai.

Torre Tsutenkaku, no bairro de Shinsekai.

Andando pelas ruas vimos muitos mokeups de pratos enormes de comida, restaurante de “coma o quanto puder” e um estacionamento super fofo todo decorado com desenhos da Hello Kity do chão até as paredes.

 Mokeups de pratos de comidas em versão gigante.

Mokeups de pratos de comidas em versão gigante.

osaka_all u can eat2.jpg
 Um estacionamento todo decorado por Hello Kitty no bairro de Shinsekai.

Um estacionamento todo decorado por Hello Kitty no bairro de Shinsekai.


Amerika-Mura: muitos cafés e estilo

Bairro mais voltado para o público jovem com uma uma vibe mais americanizada, tanto que no alto de um dos prédios há uma réplica de tamanho menor da estátua da liberdade.

 Rua no bairro estiloso de Amerika-Mura.

Rua no bairro estiloso de Amerika-Mura.

Por lá o que mais nos chamou atenção foram as variadas lojas de roupas descoladas. Com preços um pouco mais acessíveis do que os de lojas de marcas conhecidas mundialmente,  aqui achamos que vale à pena gastar seu rico dinheirinho em lojas de marcas independentes e que possuem um estilo mais ousado, despojado, moderninho.


Dotombori Street: a rua da agitação e do letreiro mais famoso do país

Avenida com muita gente indo de um lado pro outro, lojas de todos os tipos, restaurantes e muitos letreiros luminosos. Não deixe de parar em algum lugar pra comer Takoyaki, os bolinhos de polvo!

 O caranguejo gigante da fachada de um dos muitos restaurantes na rua Dotombori. O caranguejo possui um mecanismo que faz mover as patas lentamente pra frente e pra trás.

O caranguejo gigante da fachada de um dos muitos restaurantes na rua Dotombori. O caranguejo possui um mecanismo que faz mover as patas lentamente pra frente e pra trás.

Passeamos por lá e vimos o restaurante que tem um caranguejo gigante na fachada, o outro com um polvo gigante, o outro com guiozas gigantes, até chegar na ponte e ver o Glico Man, o luminoso famoso que foi instalado em 1935.

 O famoso luminoso Glico Man, localizado na margem do rio que corta a cidade de Osaka.

O famoso luminoso Glico Man, localizado na margem do rio que corta a cidade de Osaka.

Nessa mesma noite, em uma das margens do canal, estava rolando um show de uma banda J-pop (um estilo que está sendo fenômeno no Japão) de 5 meninas com máscaras, roupas coloridas, que mais dublavam que cantavam e a plateia ia ao delírio com a performance delas. Elas “cantavam” umas músicas parecidas com a dessa banda aqui.

 Show de J-Pop na margem do rio da cidade. Do lado direito estão as garotas com roupas coloridas que dublavam músicas super animadas para o público localizado no lado oposto que sabiam todas as letras e vibravam a cada performance.

Show de J-Pop na margem do rio da cidade. Do lado direito estão as garotas com roupas coloridas que dublavam músicas super animadas para o público localizado no lado oposto que sabiam todas as letras e vibravam a cada performance.


Castelo de Osaka: o símbolo de tradição e história

Castelo que marca a unificação do Japão pelo shogun Hideyoshi Toyotomi.
O lugar é praticamente um museu bem interessante e possui 8 andares, sendo o último um deck de observação 360º onde se tem uma vista da cidade toda.

 O imperial castelo de Osaka que virou um interessante museu.

O imperial castelo de Osaka que virou um interessante museu.

 Deck de observação 360º que fica no topo do castelo.

Deck de observação 360º que fica no topo do castelo.

 Uma parte do lindo jardim localizado ao redor do castelo.

Uma parte do lindo jardim localizado ao redor do castelo.

Mas o castelo é só uma das atrações a ser visitada, já que dá pra se passar longas horas passeando pelo parque ao seu redor com jardins, rio, barraquinhas de comida e grandes espaços para se fazer piquenique.

 Árvores de Sakuras (cerejeiras) tomando conta de toda a paisagem do jardim do castelo.

Árvores de Sakuras (cerejeiras) tomando conta de toda a paisagem do jardim do castelo.

jardim_castelo_sakuras.jpg
jardim_castelo_osaka_sakuras.jpg

 O hábito de fazer piqueniques embaixo das árvores de Sakuras é uma tradição no Japão.

O hábito de fazer piqueniques embaixo das árvores de Sakuras é uma tradição no Japão.

Bares e Restaurantes Favoritos


Yaekatsu
3-4-13 Ebisuhigashi, Naniwa-ku
Restaurante de kushikatsu, uma das especialidades da cidade. São espetinhos de frango, carne ou legumes empanados e fritos.

Chibo
1-5-5 Dotonbori, Chuo-ku
Restaurante famoso de Okonomiyaki e Teppanyaki. Sente-se no balcão pra ver a habilidade dos chefs preparando os okonomiyakis na sua frente. 

chibo_osaka_fachada.jpg
 Okonomiyaki típico de Osaka.

Okonomiyaki típico de Osaka.

Ramen Makotoya Shinsaibashi
2 Chome-6-16 Shinsaibashisuji, Chuo
Restaurante que não achamos em nenhum guia, site ou que foi recomendação de amigos. Simplesmente estávamos andando pela rua, bateu uma fome, um cansaço pra ficar andando ainda mais e resolvemos parar pra comer. Como é de se esperar, a comida é deliciosa!! Assim como em todos os lugares que comemos no Japão.

Makotoya Shinsaibashi_lamen.jpg
Makotoya Shinsaibashi_prato.jpg

Space Station
2 Chome-13-3 Nishishinsaibashi, Chuo
Bar com videogames antigos. Você pode beber enquanto joga um Mario Broz, Tartarugas Ninjas, Street Fighter. Todos os jogos são em cartuchos! A nostalgia rola solta (pra quem jogou nos anos 90 rs).

Bird/56
1-6-18-3F Namba
Bar de jazz pequenininho que fica no último andar de um prédio de 3 andares, o acesso é por uma escada em caracol. Além da música ser muito boa, o dono é um senhor muito simpático! Fala quase nada de inglês, mas mesmo assim arriscou conversar um pouco com a gente :)

 Balcão do bar de jazz Bird/56.

Balcão do bar de jazz Bird/56.


Veja também