Top 10 do que fazer em Montevidéu, Uruguai

 

Pausa de 08/02/2016 a 18/02/2016


Com apenas 2h de voo partindo de São Paulo, Montevidéu (e o Uruguai) é um destino perfeito para um feriado prolongado. Cidade grande com clima de interior e look de antiga, é o centro urbano mais arborizado da América Latina, o que dá pra notar ao andar por suas ruas estilosas. E os pontos positivos não param por aí: segurança, gastronomia, vida noturna, praia, clima.
Listamos aqui 10 experiências que você precisa viver no Uruguai a partir de Montevidéu.

 Entardecer em Puntacarretas

Entardecer em Puntacarretas


Super tranquilo, com ruas lindas e arborizadas, Puntacarretas foi feito para aqueles que gostam de conhecer o bairro andando. E tem tudo o que você precisa: ótimos hotéis, supermercado, pontos de ônibus e o shopping mais moderno de Montevidéu. Mas, o grande diferencial é a gastronomia riquíssima, com ótimos restaurantes em cada esquina.
Os 2 restaurantes do bairro que recomendamos: Francis (Luis de la Torre, 502) e Viejo Y Querido (Agr. Francisco J. Ros, 2748).

1 - Se hospedar no bairro de Puntacarretas

 Ruazinhas tranquilas e arborizadas de Puntacarretas

Ruazinhas tranquilas e arborizadas de Puntacarretas

 Pôr do sol visto do rooftop do Hotel Dazzler

Pôr do sol visto do rooftop do Hotel Dazzler

Hotel Dazzler Montevideu
21 de Setiembre 2752, 11300 Montevideo, Uruguai


2 - Assistir ao pôr do sol uruguaio

O sol é algo bem marcante do Uruguai, vide na bandeira do país. Quando estivemos lá, entendemos o porquê: dias ensolarados durante toda a viagem e o pôr do sol espetacular, com uma luz laranja intensa e o sol descendo no horizonte até tocar a água e desaparecer, refletindo toda aquela cor no céu.

 Pôr do sol na cidade de Colonia del Sacramento. Se olhar atentamente, poderá ver prédios da cidade de Buenos Aires no horizonte.

Pôr do sol na cidade de Colonia del Sacramento. Se olhar atentamente, poderá ver prédios da cidade de Buenos Aires no horizonte.


3 - Caminhar pela "Ciudad Vieja"

Visitar a cidade velha é muito válido para saber um pouco mais sobre a história da cidade e ver onde ela começou. Ainda há pelas ruas resquícios dos muros que a cercavam, a “Puerta de la Ciudadela”, prédios e casarões antigos. Segue abaixo alguns pontos por onde passamos:
Palácio Salvo
Plaza Independencia: onde há o Monumento ao General Artigas do lado de fora e embaixo da praça fica o mausoléu onde estão as cinzas do general.
Teatro Solis: faça uma visita guiada ou veja um espetáculo.
Mercado Del Puerto: pode ser uma parada para o almoço. Comemos no El Palenque e na Empanadas Carolina.

 Plaza Independencia e Palácio Salvo, ao fundo

Plaza Independencia e Palácio Salvo, ao fundo


4 - Visitar alguma bodega nos arredores

Visitar uma bodega entre as muitas que há nos arredores de Montevidéu é uma experiência bem interessante, principalmente se você gosta de vinhos. Visitamos uma das mais famosas e que fica há somente 1 hora da cidade, a Bodega Bouza. O único ponto negativo é o almoço no restaurante da bodega. Ele é bom, porém bem caro. Se a ideia é economizar na viagem, não almoce por lá. Aproveite para provar um bom vinho da uva Tannat, a mais famosa do Uruguai.

Dica: Peça um Uber para te levar, pois a corrida fica super barata. Chegando lá, já tente combinar a volta.

 Construção principal da Bodega Bouza, onde os vinhos "descansam" nas barricas de carvalho francês.

Construção principal da Bodega Bouza, onde os vinhos "descansam" nas barricas de carvalho francês.


5 - Bar Fun Fun

Reserve uma noite para ir ao bar Fun Fun (Se fala Fum Fum mesmo, e não Fã Fã rs). É muito divertido. E você precisa experimentar o drink especial da casa: a uvita. Dica: Vá às Sextas ou Sábados, que é quando tocam o famoso camdomble e tem tango ao vivo.

Bar Fun Fun.
Soriano 922, 11000 Montevideo, Uruguai.

 Espetáculo de tango no bar Fun Fun

Espetáculo de tango no bar Fun Fun

 Uvitas, famosa bebida à base de vermute do bar Fun Fun

Uvitas, famosa bebida à base de vermute do bar Fun Fun


6 - Mirador de la Intendencia de Montevidéu

Trata-se do prédio da prefeitura e, lá de cima, você vai ter a melhor vista panorâmica da cidade. De cara você vai entender porque Montevidéu é considerada a cidade mais arborizada da América Latina. Aproveite também para avistar os principais pontos turísticos lá de cima.

Mirador de la Intendencia.
Soriano 1372, 11200 Montevideo, Uruguai. Aberto todos os dias das 10h às 16h.

 Vista do Mirador de la Intendencia de Montevideu

Vista do Mirador de la Intendencia de Montevideu


7 - Andar de bicicleta pela cidade

Pra gente, bike é uma das maneiras mais legais pra conhecer a cidade. Com ela dá pra passear com agilidade, economizar no transporte, sentir a vibe do lugar e cansa bem menos do que ir pra todos os lados caminhando. Alugamos as bikes na Orange Bike, na cidade velha, e descemos toda a rambla costeira (com aquela vista do mar no lado direito) até o Farol de Punta Carretas, pertinho do nosso hotel. Finalizamos o dia com um café muito bom e ainda deu tempo de ver o pôr-do-sol do rooftop do hotel. E sabe qual é o melhor? Não precisamos voltar até a cidade velha pra devolver as bikes. A Orange Bike as buscou no nosso hotel, em Punta Carretas, sem nenhum custo adicional.

Orange Bike
Endereço: bis, Calle Perez Castellano 1417, 11000 Montevideo, Uruguai
Aberto todos os dias das 10h às 19h

 Passeio de bike pela Rambla de Montevidéu

Passeio de bike pela Rambla de Montevidéu

 Playa Ramirez

Playa Ramirez


8 - Bate-volta para Colonia del Sacramento

Um dos dias que ficamos em Montevidéu, acordamos bem cedo, alugamos um carro e fizemos um bate-volta para Colonia del Sacramento, uma cidadezinha colonial bem antiga e romântica, à beira do Rio de la Plata, fundada por portugueses e hoje Patrimônio Mundial da Unesco. São apenas 2 horinhas para chegar lá. Estacionamos o carro na Plaza Mayor e saímos caminhando pelas ruazinhas do centro histórico onde conhecemos: o antigo forte, a Calle de los Suspiros (famosa por ter sido construída por volta de 1.600 e estar muito bem conservada), o antigo farol (de onde pode-se ver a cidade de Buenos Aires no horizonte), o museu do azulejo e o píer do Yatch Club. Enfim, caminhe sem pressa pela cidade, almoce em algum restaurante com mesas na rua e termine o dia observando o lindo pôr-do-sol antes de pegar a estrada de volta para Montevidéu. Dica bônus: Antes de partir paramos num café muito bom chamado Ganache, com grãos de alto padrão da Etiópia, Brasil e Colômbia.

Ganache Cafe
Real, 178 - 70000 Colonia

 Farol de Colonia del Sacramento

Farol de Colonia del Sacramento

 Vista de Buenos Aires do topo do farol de Colonia del Sacramento

Vista de Buenos Aires do topo do farol de Colonia del Sacramento

 Yatch Club de Colonia del Sacramento

Yatch Club de Colonia del Sacramento

 Famosa Calle de los Suspiros, construída por volta de 1.600 e com sua estrutura original preservada

Famosa Calle de los Suspiros, construída por volta de 1.600 e com sua estrutura original preservada


9 - Visita guiada no Palácio Legislativo

O Palácio da Justiça é a sede da Câmara dos Deputados e do Senado do Uruguai e, apesar do seu edifício imponente, não estávamos muito empolgados para conhecer o seu interior e nem pra fazer a visita guiada, porém fomos surpreendidos. Foi bem interessante, já que o interior do Palácio é lindo e conhecemos um pouco mais da história e da política do Uruguai. A visita guiada acontece de segunda a sexta em dois horários, às 10:30 e às 15:00 e o ingresso custa 70 pesos uruguaios, não sendo necessário fazer reserva com antecedência. Durante a visita, conhecemos o salão central do Palácio, o plenário do Senado, a Câmara dos Deputados, vimos onde fica o livro da primeira Constituição Nacional e também fomos à biblioteca que é aberta ao público e seu acervo possui mais de 250 mil exemplares sobre variados temas.

 Palácio Legislativo de Montevidéu

Palácio Legislativo de Montevidéu

palaciolegislativo2.jpg
palaciolegislativo1.jpg

10 - Passar alguns dias em Punta del Este

Punta del Este é bonita, vibrante, quente (fomos no verão), badalada, mas também é cara e lotada de turistas. Se você vai pro Uruguai e não tem muitos dias, conselho nosso: dispense Punta del Este. Partindo de Montevidéu, pegamos um ônibus da empresa COT, que sai do terminal Tres Cruces. A viagem leva em torno de 2h30min.
Visita à Casapueblo (obrigatório): para não pagar um absurdo de táxi e chegar antes de todos os turistas (o que significa chegar umas 2h antes do pôr do sol) o melhor é ir de ônibus COT e voltar de ônibus municipal da cidade. Aproveite o tempo antes de começar o pôr do sol para visitar o museu, andar pelas salas apreciando a arquitetura, ficar na varanda do café tomando e comendo algo tranquilamente. Garanta também o seu espaço, porque junto com o pôr do sol chegam os ônibus de passeio e toda aquela muvuca.
Porto de Punta del Este: Visitamos o porto da cidade onde além da feira de frutos do mar, vimos alguns leões marinhos bem de perto.
Playa Brava: Essa é a praia voltada para o oceano atlântico e onde fica o famoso monumento “La Mano”.
Playa Mansa: Praia voltada para o Rio de la Plata e, portanto, mais calma.
Ponte Leonel Vieira: Famosa ponte “torta” que simula as ondas do mar. Passar só uma vez por ela não vai matar a curiosidade e, já que estávamos de bicicleta, ficamos indo e voltando, indo e voltando, algumas vezes. =)
Bairro La Barra: É um bairro um pouco afastado e mais badalado. Fomos à praia La posta del Cangrejo (mas a praia mais famosa de lá é a Montoya) e na volta pro centro paramos no Medialunas Calientitas, parada obrigatória!
Edifício La Vista: Prédio com um restaurante e mirante que gira 360º no topo. De lá dá pra ver toda a cidade. Vá 1h antes do pôr do sol pra apreciar a vista com calma e depois ver o espetáculo lá do alto.

 Casapueblo, em Punta del Este

Casapueblo, em Punta del Este

 Detalhe da arquitetura da Casapueblo

Detalhe da arquitetura da Casapueblo

 Vista da varanda da Casapueblo

Vista da varanda da Casapueblo

 Grupo de dança na Playa Brava

Grupo de dança na Playa Brava

 Vista para a Playa Mansa a partir do Edifício La Vista

Vista para a Playa Mansa a partir do Edifício La Vista

 Famosa escultura La Mano, de Mario Irarrázabal, que virou ponto turístico na Playa Brava

Famosa escultura La Mano, de Mario Irarrázabal, que virou ponto turístico na Playa Brava

 Famosa ponte Leonel Vieira, construída inspirada nas ondas do mar

Famosa ponte Leonel Vieira, construída inspirada nas ondas do mar

 Playa Brava

Playa Brava


Veja também